DIAGNÓSTICO: SENSORES DE RISCO NAS CARTEIRAS DE CRÉDITO

A visão clássica da ¨Teoria do Caos¨ na economia é a de que muitos eventos no mundo são, simplesmente, impossíveis de prever ou controlar.

O efeito borboleta, segundo estudo da Teoria do Caos, é a ideia de que algo tão insignificante quanto uma borboleta, batendo asas na Amazônia, possa causar uma tempestade violenta na Praça da Paz Celestial, em Pequim.

Com o que estamos vivendo hoje, na chamada Quarta Revolução Industrial, contemplamos novas tecnologias que estão permitindo que elementos antes limitados às histórias de ficção científica, façam parte de um futuro gradativamente mais presente, nos possibilitando contar com previsões e, assim, diminuir riscos como: desenvolvimento de técnicas de aprendizado de máquina, redes neurais, algoritmos de Inteligência Artificial, máquinas preditivas, Internet das Coisas, computação em nuvem, etc.

Tudo isso está sendo possível principalmente pelo crescimento exponencial dos processadores (Lei de Moore), tornando os equipamentos mais rápidos, mais inteligentes e menores, com armazenamento de dados mais barato e o desenvolvimento de sensores inteligentes.

O CRISk Financial da Sk Intelligence tem como função, através de seus sensores e indicadores de risco, criar um diagnóstico com a varredura das carteiras de crédito e do mercado financeiro de crédito e prever a existência de mudanças súbitas que geralmente não são percebidas pelos atuais modelos de risco.

Com a captação de dados internos e externos, criamos uma base de dados estruturada, organizando todo um histórico, que permite ao CRISk Financial discernir padrões, alertando para sinais fracos de riscos, antes que se tornem fortes, possibilitando o entendimento destes padrões antes que se tornem problemas.

Muito se conhece sobre análise individual de tomadores e operações no crédito, mas a avaliação do risco de crédito nas carteiras ainda é pouco utilizada pelas Instituições Financeiras.

“O desejo de prever o futuro é espelhado por um desejo de controlá-lo através de modelos matemáticos” (Nassim N.Taleb).

Mesmo quando o risco parece baixo, devemos manter o ceticismo em relação à capacidade de prever o futuro.

A SK Intelligence entende que o risco de crédito deve ser calculado com a máxima precisão, mas este mesmo risco deve ser administrado, em uma situação na qual podemos transformar dados em informações.

Através da plataforma CRISk Financial e seus sensores de risco, podemos criar diagnósticos precisos e transformá-los em conhecimento.

Por Haroldo Leite

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s