As Janelas do Crédito e os ciclos Financeiros

Os ciclos dos mercados de crédito, são extremamente voláteis. Seus movimentos são poderosos e radicais, e afetam vários setores do mercado e suas atividades.

Fica evidente que uma pequena flutuação na economia,  vai produzir uma grande flutuação na disponibilidade maior ou menor do crédito, com forte impacto nos preços dos ativos e consequentemente na própria economia.

Mas então, o que faz com que o crédito fique mais disponível em alguns momentos e praticamente escasso em outro?

Conforme as economias flutuam, apresentando altos e baixos no desempenho dos lucros corporativos, as janelas de crédito se abrem e se fecham, determinando uma alavancagem maior ou menor na disponibilidade de capital.

Fica claro que na metáfora da janela, quando está aberta, o financiamento é abundante e fácil de obter e devemos observar o seguinte contexto apresentado:

  • a economia está em um período de prosperidade;
  • os fornecedores de capital prosperam e aumentam seus recursos;
  • a escassez de más notícias faz parecer que os riscos associados aos empréstimos e investimentos sejam mínimos;
  • as instituições financeiras brigam por participação do mercado, diminuindo os retornos exigidos, baixando os padrões de crédito, fornecendo mais capital e facilitando as obrigações contratuais.

Por outro lado, quando a janela está fechada, o financiamento é escasso e difícil de se conseguir, quando observamos um outro contexto:

  • a aversão ao risco cresce, e junto, as taxas de juros, as restrições ao crédito e as obrigações contratuais;
  • menos capital é disponibilizado, e apenas para os mais qualificados dos tomadores;
  • as perdas desencorajam e afastam os credores;
  • esse processo contribui e retroalimenta a contração da economia.

Portanto, a janela de crédito não tem mente própria, abrindo e fechando quando bem lhe aprouver. E como vimos, isso acontece sob determinadas circunstâncias.

Há um processo de expansão e contração que deve-se observar, analisando o contexto apresentado pelo mercado financeiro. O tempo e a extensão dos ciclos nunca são previsíveis, mas suas ocorrências e existências serão sempre inevitáveis.

Procurar a causa da radicalização do mercado de crédito em sua expansão ou contração, requer conhecimento, análise temporal das informações do mercado e tecnologia adequada.

A Sk Intelligence, através de sua Plataforma Tecnológica CRISK Financial, auxilia as Instituições Financeiras de Crédito no monitoramento e acompanhamento dos ciclos do mercado brasileiro de crédito, oferecendo uma compreensão clara do funcionamento e movimentos dos ciclos, especialmente da maneira como cada elemento leva o próximo, antecipando as janelas de expansão e contração.

Por Haroldo Leite

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s